quinta-feira, 7 de setembro de 2006

O inferno é exotérmico ou endotérmico? Justifique.

O Dr. X, do Departamento de Física da Universidade de Aveiro, é conhecido por fazer perguntas do tipo "Porque é que os aviões voam?" nos exames das suas cadeiras. A sua única questão na prova final de Maio de 1997 para a turma de "Transmissão de Momento, Massa e Calor II" foi: "O inferno é exotérmico ou endotérmico? Justifique a sua resposta." Vários alunos justificaram as suas opiniões baseados na Lei de Boyle ou nalguma variante da mesma, mas um aluno escreveu o seguinte:

"Primeiramente, postulamos que, se as almas existem, então devem ter alguma massa. Se tiverem, então uma mole de almas também tem massa. Assim, em que percentagem é que as almas estão a entrar e a sair do inferno? Acho que podemos assumir seguramente: uma vez que uma alma entra no inferno, nunca mais sai. Por isso não há almas a sair. Para as almas que entram no inferno, vamos dar uma olhadela às diferentes religiões que existem no mundo, hoje em dia. Algumas dessas religiões pregam que se não pertenceres a ela, vais para o inferno. Como há mais de uma religião desse tipo e as pessoas não possuem duas religiões, podemos projectar que todas as pessoas e almas vão para o inferno. Com as taxas de natalidade e mortalidade da maneira que estão, podemos esperar um crescimento exponencial das almas no inferno.
Agora vamos olhar para a taxa de mudança de volume no inferno. A Lei de Boyle diz que, para a temperatura e a pressão no inferno serem constantes, a relação entre a massa das almas e o volume do inferno também deve ser constante. Existem duas opções:
1) Se o inferno se expandir numa taxa menor do que a taxa com que as almas entram, então a temperatura e a pressão no inferno vão aumentar até ele explodir;
2) Se o inferno se estiver a expandir numa taxa maior do que a de entrada de almas, então a temperatura e a pressão irão baixar até que o inferno congele.
Então, qual das duas opções é a correcta?! Aceitemos como verdadeiro o que a aluna Teresa Maria me disse no primeiro ano:"Haverá gelo no inferno, antes de eu ir para a cama contigo". Levando em conta que ainda NÃO obtive sucesso na tentativa de ter relações sexuais com ela, então a opção 2 não é verdadeira.

Por isso, o inferno é exotérmico!"

(O aluno António José tirou o único "20" na turma.)

(recebido por mail)

2 comentários:

Professorinha disse...

E um 20 muito bem merecido, sim senhor. E será que o rapaz já foi para a cama com a Teresa Maria? :-P

Klatuu o embuçado disse...

É epidérmico! JAJAJAJA!!!