terça-feira, 25 de agosto de 2009

Um telescópio que mudou a História

Há 400 anos, ao direcionar seu telescópio para os céus, o astrónomo italiano e professor de matemática na Universidade de Pádua Galileu Galilei (1564-1642), mudou o curso da Terra. Com as observações que daquela época, ele comprovou a tese de que a Terra gira em torno do Sol.

A descoberta não mudaria somente o entendimento humano do universo, entrando em perigosa rota de colisão com a Igreja Católica, como alteraria a própria história do pensamento. Em homenagem à invenção do telescópio e às descobertas de Galileu, 2009 é o Ano Internacional da Astronomia.
Galileu é considerado o grande elo do passado com a ciência moderna. Os gregos acreditavam que raciocinar era suficiente. Galileu mostrou que era preciso observar, raciocinar, concluir e comprovar. E até hoje essas são as bases do método científico.
Até a guinada dos telescópios de Galileu, acreditava-se que o Sol, os planetas e as estrelas giravam em torno da Terra, que, imóvel, seria o centro do universo. O clérigo polonês Copérnico já havia contestado essa visão geocêntrica do universo em 1543, mas não havia conseguido provar sua tese de um universo heliocêntrico. Pensava-se também, como Aristóteles e seus seguidores, que a Lua era perfeita, bem como os demais corpos celestes.
Ao se apropriar de um instrumento construído na Holanda e modificá-lo, tornando o telescópio até 32 vezes mais potente, Galileu conseguiu dar bases científicas para a tese heliocêntrica de Copérnico. Sol e a Lua não eram esferas perfeitas como se pensava antes. Como a Terra, na visão do astrônomo, o homem não seria o centro. E isso desagradou à Igreja. Galileu foi condenado pela Inquisição, por heresia, primeiro privadamente, em 1616, e depois, num julgamento público, em 1633. Para se salvar, teve que se retratar. (daqui)

1 comentário:

Professora Patrícia disse...

Por acaso ia falar sobre isso no meu blogue, já que vi hoje de manhã ao consultar o google e a ler o Diário de Notícias, MAS visto que este blogue é MUITO mais consultado e reputado que o meu, fico caladinha. Mas remeterei os meus leitores para aqui. ^^